Papo de Gestantes: A amamentação (Parte 1)

17:59


Nunca é demais repetir que os bebês alimentados exclusivamente com  leite materno ficam com o sistema imune mais fortalecido. Ele é tão
Completo que os recém-nascidos não necessitam ingerir nenhum outro tipo de líquido, como água ou chá. É suficiente que eles mamem sob livre demanda, ou seja, quando quiserem e quanto desejarem.
As mães precisam fazer muito pouco para aumentar a produção do leite.  A própria sucção do filho no peito estimula a renovação dos estoques lácteos.
É muito importante também que elas descansem durante o dia, aproveitando o período de licença-maternidade para cultivar o hábito de dormir depois do almoço. Beber bastante água, comer bem e de maneira equilibrada, no mínimo três refeições saudáveis ao dia, são pontos fundamentais — lembrando de deixar de lado alimentos calóricos, como  chocolate ou canjica. Essa última, além de não elevar a fabricação do leite, como se costuma apregoar, engorda.
Para quem está interessada em recuperar a silhueta que tinha antes de engravidar, a boa notícia é que amamentar ajuda a queimar calorias. Mas a perda de peso depende também, é claro, de disciplina e equilíbrio na dieta. Não é raro ouvir dicas sobre como preparar as mamas para elas não racharem durante a amamentação, mas não há necessidade disso.  Durante a gravidez, as glândulas ao redor da aréola soltam um pouco de gordura, hidratando a região e deixando-a mais resistente. Na hora de amamentar, a mãe deve estar sentada confortavelmente e ter nos braços um bebê calmo, porém acordado e alerta.  Esses detalhes fazem a diferença na pega, que deve ser correta para não provocar trauma ou fissura, as famosas lesões mamilares que causam dor e estresse às mães.


Mito do leite fraco

Ele pode ter surgido em razão da aparência do primeiro leite que jorra do seio materno quando o bebê começa a mamar. Clarinho, lembrando água de coco, ele causa dúvidas a respeito de sua força quando comparado com o líquido que surge depois de alguns minutos de amamentação, que tem coloração branco-amarelada.
Mas pode ter certeza: seu leite é forte e sustenta!


Cirurgias plásticas

A capacidade de produção das glândulas mamárias pode ser
afetada tanto em razão de cirurgia redutora quanto por implantes de
silicone. Nas cirurgias que retiram mais de 300 gramas de gordura,
o seio pode não conseguir atender à demanda à medida que o bebê
cresce. No caso dos implantes, dependendo da quantidade e do local onde ele for colocado, o estímulo fica diferente, alterando a renovação dos estoques de leite.




Leia também

0 comentários

Ficamos felizes com sua visita e comentário! :)

Posts Recentes

Fanpage