Papo de gestantes: Cuidados com o recém-nascido na sala de parto! (Parte 1)

12:08



Assim que nasce, o bebê tem como primeiro desafio se acostumar ao ambiente fora do útero. Em outras palavras, terá de respirar e controlar a temperatura do corpo por conta própria. Além de se acostumar com a intensidade da luz, dos sons e dos cheiros. Para auxiliá-lo nessa tarefa, deve haver, na sala de parto, um pediatra. É esse especialista que vai colocá-lo em um berço aquecido para ajudar a estabilizar sua temperatura. E é ali também que o médico o seca e faz os primeiros exames. O objetivo é checar como o pequeno está. Esses testes não são aleatórios e seguem padrões que mostram como o recém-nascido reage nos primeiros minutos de vida. Trata- se do chamado boletim de Apgar.

  O Apgar analisa cinco itens relacionados à saúde da criança: frequência cardíaca, respiração, tônus muscular (se é rígido ou flácido), coloração da pele e se o bebê está ativo e reativo à manipulação. Essa avaliação  acontece,  aproximadamente, no primeiro minuto pós-nascimento e, em seguida, no quinto minuto de vida. Para cada item é dada uma nota,
que varia de 0 a 2. O pediatra soma essas notas e chega a um resultado final tanto para o primeiro quanto para o quinto minuto de vida do pequeno.
  
Outro ponto que o pediatra observa nesse momento é o choro do bebê  ou o esforço para abrir o berreiro. Apesar de as lágrimas brotarem  espontaneamente na  maioria dos recém-nascidos, algumas crianças  não  botam  a  boca  no  mundo. A ausência do chororô costuma indicar muito mais uma característica do pequeno do que a presença de algum problema grave, principalmente se os outros dados do Apgar apontarem que ele está se adaptando bem fora do útero. Vale saber que dar um tapa no bumbum do recém-nascido para que ele chore não é uma prática adotada pelos médicos na sala de parto.
  
Logo após o nascimento, o choro tem uma função importante. Ele  auxilia o bebê a reter o ar dentro dos pulmões. Para facilitar ainda mais esse processo, o médico pode colocar uma sonda que também libera a  passagem de  ar. Como isso é realizado? A sonda é ajustada primeiro na  boca  e  depois  no  nariz  e, assim,  suga  o  líquido  amniótico  que  não foi  expulso  durante  o  parto. Os pais, muitas vezes, se assustam com esse procedimento.  Mas não há com o que se preocupar porque isso é  algo normal e feito para o bem-estar do pequeno.



Leia também

5 comentários

  1. olá recebi um selinho
    feito por ti e vim conhecer seu cantinho
    que é muito lindo por sinal parabéns e amei o selinho.
    linda noite bjs
    se quiser te convido a me visitar vou amar

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nanda!!
      Que bom que gostou do selinho!!
      Obrigada pelos elogios ao meu blog!!

      Bjos e Volta sempre!!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Olá Esthefane fico feliz que tenha gostado!!
      Seja muito bem vinda e volte sempre!!

      Bjos

      Excluir

Ficamos felizes com sua visita e comentário! :)

Posts Recentes

Fanpage