Papo de gestantes: A gravidez de gêmeos (Parte 1)

21:41


Olá meninas, saudades de todas!!
Espero que estejam curtindo as maravilhosas informações do nosso Papo de gestantes. Hoje temos uma matéria sobre gravidez de gêmeos, vamos conferir??

A gravidez de gêmeos



A presença de dois bebês no útero da mulher sempre representa uma  sobrecarga importante — uma sobrecarga alimentar, circulatória, osteoarticular...  É, de fato, um peso a mais. 

Portanto, há uma dose de desconforto a mais.  Sem contar que a ansiedade, diante da perspectiva  de cuidar de dois bebês ao mesmo tempo, tende a duplicar também.

A questão que precisa ficar clara é até que ponto a gestação de gêmeos  pode ser  classificada como uma  gravidez  de risco — enfim, o que  seria  risco  nesse caso? É preciso, antes de mais nada, ressaltar que  a  evolução nas técnicas de  reprodução  assistida,  observada  nos últimos anos,  faz com que hoje de 2 a 3%  das  gestações  sejam  de  gêmeos. 

E, como se tornaram mais comuns, a medicina adquiriu um  conhecimento muito maior sobre elas. Agora, os médicos conseguem  acompanhá-las de maneira ainda mais adequada, com abordagens cada vez mais seguras, diminuindo bastante  a probabilidade  de  complicações.

Mas, claro, sempre restam alguns riscos. E isso por causa da tal sobrecarga.
A sobrecarga é uma espécie de empurrão para a mulher desenvolver problemas se por acaso já tinha propensão para tê-los. Assim, a  grávida  com  tendência a diabete muito provavelmente apresentará essa doença se estiver esperando gêmeos.

 A mulher com tendência a hipertensão poderá ficar com a pressão nas alturas. Assim como aquela que já tinha dificuldades respiratórias  ou problemas de coluna talvez sofra de crises intensas durante a gestação.
Por essas e por outras, claro, o pré-natal na gravidez gemelar precisa ser muito mais cuidadoso. As visitas ao médico, por exemplo, devem ser  mais assíduas para acompanhar  os bebês e ver, entre outras coisas, se  um não está se desenvolvendo muito mais do que o outro. 

Aliás, muitas vezes o exame clínico não é suficiente. É comum o médico pedir mais  ultrassonografias para ter certeza sobre como está o crescimento de um e de outro, o líquido de um e de outro, a placenta... Além de fazer o pré-natal corretamente, a grávida deve prestar muita atenção na alimentação.  

Durante a gravidez,  o trânsito intestinal  já tende a se tornar mais lento. E, para complicar ainda mais as coisas, no caso da gestante que espera gêmeos, há uma necessidade maior de calorias e proteínas.  Ela então precisa comer de uma forma mais correta do que nunca — em intervalos bem curtos e ingerindo pequenos volumes de alimentos de fácil digestão. 

Isso porque, à medida que crescem, os bebês ocupam o espaço do abdômen,  diminuindo  a  capacidade do  estômago  e  tornando  o  trânsito  da comida  pelo  tubo  digestivo  ainda  mais vagaroso. Se a grávida  arriscar  comer uma  porção  maior  numa  situação dessas, ela sentirá um enorme mal-estar — e,  provavelmente,  não  estará  nutrindo direito seus bebês.


O repouso precisa ser respeitado rigorosamente. Ele diminui a tensão, reduz o tônus do períneo e as contrações uterinas — o que faz com que os bebês se desenvolvam mais, favorecendo o aumento do tempo de gestação. A atividade física é igualmente fundamental. Como a  sobrecarga  —  circulatória,  óssea,  articular  e  até  respiratória  —  é  muito grande, torna-se necessário que a mulher se prepare adequadamente.

 É claro que precisa ser um exercício orientado, adequado ao seu estado — ela não pode sair correndo, mas pode praticar  hidroginástica, ioga, alongamento... Há uma série de opções fantásticas para a grávida. 

Leia também

4 comentários

  1. Adorei o de hoje..
    Tem dicas bem lgais...
    Estar gravida ja não é facil, de gemeos então...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rafa!!
      Que bom que gostou!!
      é verdade, gravidez de gêmeos deve ser muito difícil, ainda mais depois que nascem, que é choro em dobro, coco em dobro, mamadeira em dobro! aff
      Bjinhos

      Excluir
  2. Adorei o post!
    Nossa gravidez de 1 já difícil imagine da gêmeos!


    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor!!
      è verdade!!
      concordo plenamente com vc!!
      Bjinhos e obrigada por ter visitado!!

      Excluir

Ficamos felizes com sua visita e comentário! :)

Posts Recentes

Fanpage